quinta-feira, 23 de junho de 2016

MINHA FAMÍLIA NO ALTAR DE DEUS


TEXTO: 2 Crônicas – Capítulo 26

1 ENTÃO TODO O POVO DE JUDÁ TOMOU A UZIAS, QUE TINHA DEZESSEIS ANOS, E O FIZERAM REI EM LUGAR DE SEU PAI AMAZIAS.  
2 ELE EDIFICOU ELOTE, E A RESTITUIU A JUDÁ, DEPOIS QUE O REI DORMIU COM SEUS PAIS.  
3 TINHA UZIAS DEZESSEIS ANOS QUANDO COMEÇOU A REINAR, E REINOU CINQÜENTA E DOIS ANOS EM JERUSALÉM. E O NOME DE SUA MÃE ERA JECOLIA, DE JERUSALÉM.  
4 ELE FEZ O QUE ERA RETO AOS OLHOS DO SENHOR, CONFORME TUDO O QUE FIZERA AMAZIAS SEU PAI.  
5 E BUSCOU A DEUS ENQUANTO VIVEU ZACARIAS, QUE O INSTRUIU NO TEMOR DE DEUS; E ENQUANTO BUSCOU AO SENHOR, DEUS O FEZ PROSPERAR.  
6 SAIU E GUERREOU CONTRA OS FILISTEUS, E DERRUBOU O MURO DE GATE, O MURO DE JABNÉ E O MURO DE ASDODE; E EDIFICOU CIDADES NO PAÍS DE ASDODE E ENTRE OS FILISTEUS;  
7 PORQUE DEUS, O AJUDOU CONTRA OS FILISTEUS E CONTRA OS ÁRABES QUE HABITAVAM EM GUR-BAAL, E CONTRA OS MEUNITAS.  
8 OS AMONITAS PAGARAM TRIBUTO A UZIAS; E A SUA FAMA SE ESPALHOU ATÉ A ENTRADA DO EGITO, POIS SE TORNOU MUITO PODEROSO.  
9 TAMBÉM UZIAS EDIFICOU TORRES EM JERUSALÉM, À PORTA DA ESQUINA, À PORTA DO VALE E AO ÂNGULO DO MURO, E AS FORTIFICOU.  
10 EDIFICOU TORRES NO DESERTO, E CAVOU MUITOS POÇOS, PORQUE TINHA MUITO GADO TANTO NOS VALES COMO NAS CAMPINAS; E TINHA LAVRADORES E VINHATEIROS NOS MONTES E NOS CAMPOS FÉRTEIS, POIS ERA AMIGO DA AGRICULTURA.  
11 TINHA TAMBÉM UZIAS UM EXÉRCITO DE HOMENS DESTROS NAS ARMAS, QUE SAÍAM À GUERRA EM TROPAS, SEGUNDO O NÚMERO DA SUA RESENHA FEITA PELO ESCRIVÃO JEIEL E O OFICIAL MAASÉIAS, SOB AS ORDENS DE HANANIAS, UM DOS PRÍNCIPES DO REI.  
12 O NÚMERO TOTAL DOS CHEFES DAS CASAS PATERNAS, HOMENS VALOROSOS, ERA DE DOIS MIL E SEISCENTOS.  
13 E SOB AS SUAS ORDENS HAVIA UM EXÉRCITO DISCIPLINADO DE TREZENTOS E SETE MIL E QUINHENTOS HOMENS, QUE GUERREAVAM VALOROSAMENTE, PARA AJUDAREM O REI CONTRA OS INIMIGOS.  
14 UZIAS PROVEU O EXÉRCITO INTEIRO DE ESCUDOS, LANÇAS, CAPACETES, COURAÇAS E ARCOS, E ATÉ FUNDAS PARA ATIRAR PEDRAS.  
15 E EM JERUSALÉM FABRICOU MÁQUINAS, INVENTADAS POR PERITOS, PARA QUE FOSSEM COLOCADAS NAS TORRES E NOS CANTOS DAS MURALHAS, A FIM DE SE ATIRAREM COM ELAS FLECHAS E GRANDES PEDRAS. E VOOU A SUA FAMA ATÉ MUITO LONGE; PORQUE FOI MARAVILHOSAMENTE AJUDADO, ATÉ QUE SE TORNOU PODEROSO.  
16 MAS, QUANDO ELE SE HAVIA TORNADO PODEROSO, O SEU CORAÇÃO SE EXALTOU DE MODO QUE SE CORROMPEU, E COMETEU TRANSGRESSÕES CONTRA O SENHOR, SEU DEUS; POIS ENTROU NO TEMPLO DO SENHOR PARA QUEIMAR INCENSO NO ALTAR DO INCENSO.  
17 MAS O SACERDOTE AZARIAS ENTROU APÓS ELE, COM OITENTA SACERDOTES DO SENHOR, HOMENS VALOROSOS,  
18 E SE OPUSERAM AO REI UZIAS, DIZENDO-LHE: A TI, UZIAS, NÃO COMPETE QUEIMAR INCENSO PERANTE O SENHOR, MAS AOS SACERDOTES, FILHOS DE ARÃO, QUE FORAM CONSAGRADOS PARA QUEIMAREM INCENSO. SAI DO SANTUÁRIO, POIS COMETESTE UMA TRANSGRESSÃO; E NÃO SERÁ ISTO PARA HONRA TUA DA PARTE DO SENHOR DEUS.  
19 ENTÃO UZIAS SE INDIGNOU; E TINHA NA MÃO UM INCENSÁRIO PARA QUEIMAR INCENSO. INDIGNANDO-SE ELE, POIS, CONTRA OS SACERDOTES, NASCEU-LHE A LEPRA NA TESTA, PERANTE OS SACERDOTES, NA CASA DE SENHOR, JUNTO AO ALTAR DO INCENSO.  
20 ENTÃO O SUMO SACERDOTE AZARIAS OLHOU PARA ELE, COMO TAMBÉM TODOS OS SACERDOTES, E EIS QUE JÁ ESTAVA LEPROSO NA SUA TESTA. E APRESSURADAMENTE O LANÇARAM FORA, E ELE MESMO SE APRESSOU A SAIR, PORQUE O SENHOR O FERIRA.  
21 ASSIM FICOU LEPROSO O REI UZIAS ATÉ O DIA DA SUA MORTE; E, POR SER LEPROSO, MOROU NUMA CASA SEPARADA, POIS FOI EXCLUÍDO DA CASA DO SENHOR. E JOTÃO, SEU FILHO, TINHA O CARGO DA CASA DO REI, JULGANDO O POVO DA TERRA.  
22 QUANTO AO RESTANTE DOS ATOS DE UZIAS, DESDE OS PRIMEIROS ATÉ OS ÚLTIMOS, O PROFETA ISAÍAS, FILHO DE AMOZ, O ESCREVEU.  
23 ASSIM DORMIU UZIAS COM SEUS PAIS, E COM ELES O SEPULTARAM, ISTO É, NO CAMPO DE SEPULTURA QUE ERA DOS REIS; POIS DISSERAM: ELE É LEPROSO. E JOTÃO, SEU FILHO, REINOU EM SEU LUGAR. 

EU ESTAVA PENSANDO SOBRE COMO COLOCAR A MINHA FAMÍLIA NO ALTAR DE DEUS E OLHANDO PARA A PALAVRA DE DEUS VEMOS QUE NEM TODOS PODIAM SE APROXIMAR DO ALTAR ERA ALGO EXTREMAMENTE PERIGOSO SE APROXIMAR DO ALTAR DE DEUS SE VOCÊ NÃO FOSSE UM SACERDOTE, OU SEJA SE VOCÊ NÃO FOSSE UMA PESSOA SEPARADA PARA ESSA FUNÇÃO.

O ALTAR DE DEUS, SIMBOLICAMENTE REPRESENTA A PRÓPRIA PRESENÇA DE DEUS. ERA UM LUGAR SANTÍSSIMO O QUAL APENAS OS SACERDOTES PODIAM TRANSITAR, NÃO ERA PRA QUALQUER UM, TEMOS UM EPISÓDIO ACONTECIDO COM O REI UZIAS LÁ EM 2 CR 26.16,
"MAS, QUANDO ELE SE HAVIA TORNADO PODEROSO, O SEU CORAÇÃO SE EXALTOU DE MODO QUE SE CORROMPEU, E COMETEU TRANSGRESSÕES CONTRA O SENHOR, SEU DEUS; POIS ENTROU NO TEMPLO DO SENHOR PARA QUEIMAR INCENSO NO ALTAR DO INCENSO".  
ONDE ELE PENSOU QUE PODIA OFERECER INCENSO DIANTE DO ALTAR DE DEUS E ELE FOI ACOMETIDO DE LEPRA.

1. AQUI ESTA A PRIMEIRA LIÇÃO PRA VOCÊ QUE QUER COLOCAR A SUA FAMÍLIA NO ALTAR DE DEUS, SEJA UM SACERDOTE DO SEU LAR, VOCÊ NÃO TEM AUTORIDADE ESPIRITUAL PRA LEVAR SUA FAMÍLIA NO ALTAR DE DEUS SE VOCÊ NÃO ASSUMIR O SACERDÓCIO EM SUA CASA. É VOCÊ QUE TEM QUE ORAR POR SUA FAMÍLIA É VOCÊ QUE TEM QUE LEVANTAR DE MADRUGADA E APRESENTAR A SUA CASA DIANTE DE DEUS A SEMELHANÇA DE JÓ, "JÓ SE LEVANTAVA DE MADRUGADA E OFERECIA SACRIFÍCIOS EM FAVOR DE CADA UM DOS SEUS FILHOS, PARA PURIFICÁ-LOS. JÓ SEMPRE FAZIA ISSO" (JÓ 1:5). 

"E SUCEDIA QUE, TENDO DECORRIDO O TURNO DE DIAS DE SEUS BANQUETES, ENVIAVA JÓ E OS SANTIFICAVA; E, LEVANTANDO-SE DE MADRUGADA, OFERECIA HOLOCAUSTOS SEGUNDO O NÚMERO DE TODOS ELES; POIS DIZIA JÓ: TALVEZ MEUS FILHOS TENHAM PECADO, E BLASFEMADO DE DEUS NO SEU CORAÇÃO. ASSIM O FAZIA JÓ CONTINUAMENTE".  

AS COISAS SÓ VAI MUDAR NA SUA CASA QUANDO VOCÊ MUDAR PRIMEIRO, SUA FAMÍLIA SÓ VAI SER TRANSFORMADA SE VOCÊ SE DEIXAR SER TRANSFORMADO PRIMEIRO.

2. A SEGUNDA LIÇÃO QUE EU APRENDO NESTE TEXTO É QUE O ALTAR É SANTÍSSIMO E APENAS OS SACERDOTES PODIAM MINISTRAR NO ALTAR, POR QUE ELES ERAM SEPARADOS ERAM SANTOS. SEM SANTIDADE DE VIDA VOCÊ NÃO PODE APRESENTAR A SUA FAMÍLIA NO ALTAR DE DEUS. QUANDO MOISÉS FOI SE APROXIMAR DA SARÇA ARDENTE O QUE FOI QUE O ANJO DO SENHOR DISSE PARA ELE  “TIRE A SANDÁLIA DOS TEUS PÉS POIS O LUGAR ONDE PISAS É SANTOS…”

A BÍBLIA DIZ QUE SEM SANTIDADE NINGUÉM VERA A DEUS QUANTO MAIS OFERECER ALGO EM SEU ALTAR, É A TRANSFORMAÇÃO EM NOSSA CASA PASSA PRIMEIRO PELA GENTE, É CLARO QUE ELE QUER ABENÇOAR A NOSSA CASA MAS MUITO MAIS DO QUE ISSO ELE QUER FAZÊ-LO POR MEIO DE NÓS A PARTIR DE NÓS.

3. A TERCEIRA LIÇÃO QUE APRENDO NESTE TEXTO É QUE O SACERDOTE DO LAR NÃO TEM MEDO DO CONFRONTO, O TEXTO DIZ VS 17-18 “…PORÉM O SACERDOTE AZARIAS ENTROU APÓS ELE, E COM ELE OITENTA SACERDOTES DO SENHOR, HOMENS VALENTES. E RESISTIRAM AO REI UZIAS, E LHE DISSERAM: A TI, UZIAS, NÃO COMPETE QUEIMAR INCENSO PERANTE O SENHOR, MAS AOS SACERDOTES, FILHOS DE ARÃO, QUE SÃO CONSAGRADOS PARA QUEIMAR INCENSO; SAI DO SANTUÁRIO, PORQUE TRANSGREDISTE; E NÃO SERÁ ISTO PARA HONRA TUA DA PARTE DO SENHOR DEUS. 2 CRÔNICAS 26:17-18
PRA APRESENTARMOS NOSSA FAMÍLIA NO ALTAR DE DEUS TEMOS QUE SER A "BOCA DE DEUS" E CONFRONTAR O PECADO, NÃO PODEMOS NOS ESCONDER ATRÁS DE UMA ATITUDE DE FALSA PACIFICAÇÃO.

“É MELHOR DEIXAR ASSIM DO QUE FAZER BRIGA” É PRECISO QUE TENHAMOS UMA POSTURA DE AMOR MAIS FIRME, POIS PELO CONTRARIO CORREMOS O RISCO DE PERDER A NOSSA CASA ASSIM COMO O SACERDOTE ELI PERDEU POR FALTA DE FIRMEZA. 

GRACIANO CASEIRO
Secretário de Comunicação da IEQ Região 446




domingo, 19 de junho de 2016

MOBILIZE-SE NESTA CAMPANHA FAZENDO A SUA PARTE

Os termômetros não param de cair e a meteorologia já aponta que este será o mais rigoroso inverno dos últimos anos. As baixas temperaturas têm preocupado as entidades públicas e associações que trabalham com doações de agasalhos e cobertores. Nesta período destacamos uma CAMPANHA DO AGASALHO E COBERTORES, a Coordenadora de Missões da Região 446, Pastora Rita de Cássia Carreiro Morais Caseiro deseja que todos sejam DOADORES e participem deste empreendimento social e espiritual com os demais departamentos da IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR VÍTOR ALVES. Não podemos ficar parados quanto a esta situação. Além de orar, podemos fazer mais. 


A exemplo disso, a Igreja do Evangelho Quadrangular da Rua Vítor Alves, 414, frente ao Teatro Arthur Azevedo no centro de Campo Grande,RJ, estão se mobilizando e levantando doações de cobertores e agasalhos que serão destinados aos moradores de rua.

Vivendo os princípios que Jesus nos ensinou, a igreja local esta se mobilizando para ajudar os necessitados. Este é o caso dos Grupos Missionários e da Coordenadoria Regional de Missões que aderiu a campanha e estão promovendo uma ação de solidariedade e evangelismo.


Estamos querendo arrecadar muitos agasalhos, roupas de frio e outros itens.  As doações poderão ser entregues na sede da Igreja do Evangelho Quadrangular no centro de Campo Grande.

Por Graciano Caseiro
Secretário de Comunicação - IEQ Região 446

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Batismo nas Águas

O Batismo e a Salvação

O batismo é um assunto importante nas Escrituras. Muitos textos mostram que o batismo está intimamente relacionado com outros temas fundamentais do evangelho. Quando Jesus encarregou os apóstolos da Grande Comissão, ele fez o batismo ser um elemento central da mensagem que eles deveriam pregar ao mundo: "Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas cousas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos as dias até à consumação do século" (Mateus 28:18-20). Quando Paulo apresentou os sete fundamentos da unidade cristã, o batismo era um deles: "Há somente um corpo e um Espírito, como também fostes chamados numa só esperança da vossa vocação; há um só Senhor, uma só fé, um só batismo; um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, age por meio de todos e está em todos" (Efésios 4:4-6). Você pode perceber a importância do batismo por causa da sua ligação com aqueles outros elementos vitais do cristianismo. Infelizmente, poucos entendem o que a Bíblia afirma acerca da relação entre batismo e salvação. O objetivo deste artigo é mostrar que o batismo é um requisito para a salvação.

As Escrituras ensinam que há vários requisitos para a salvação: a graça de Deus, o amor de Deus, o sangue de Cristo, o ouvir a palavra, o arrependimento, a confissão, a fé, a obediência, etc. Nenhum dos elementos acima salva sozinho; todos são, no entanto, imprescindíveis. Em meio a tudo o que o homem tem que fazer para ser salvo está o batismo. Ninguém pode ser salvo sem fé, sem a graça de Deus, sem o sangue de Cristo, sem o arrependimento, etc., mas também não pode ser salvo sem o batismo. O batismo é um dos vários requisitos indispensáveis para a salvação.
O Batismo é Necessário para a Salvação

Marcos 16:16­ "Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado." O texto é claro. É necessário que creiamos e sejamos batizados. Alguns acreditam que o batismo não é essencial porque na segunda metade do versículo Jesus não disse que aquele que não crê e não é batizado será condenado. A questão obviamente é se queremos ser salvos ou condenados. Para sermos salvos duas coisas são necessárias: a crença e o batismo. Para sermos condenados basta uma: a descrença. Examine este paralelo: quem for contratado pela fábrica e trabalhar esforçadamente receberá a promoção; quem não for contratado não receberá a promoção. Na verdade, não importa quão arduamente um homem trabalhe, se nunca for contratado, certamente não receberá a promoção.

João 3:5­ "Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: Quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus." Não é possível entrarmos no reino do céu sem nascermos de novo da água e do espírito. O único nascimento pela água de que falam as Escrituras é o batismo (veja Romanos 6:3-4). Nascer do espírito diz respeito à transformação espiritual que devemos experimentar. Sem o batismo das águas e sem a mudança espiritual, é impossível entrarmos no reino.

Atos 2:38­ "Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo." O contexto aqui é muito importante. Pedro tinha acabado de pregar um sermão no qual acusava os que o ouviam de haverem assassinado ao Senhor. Seus ouvintes perguntaram o que tinham que fazer então para serem salvos. Pedro mandou que se arrependessem e fossem batizados para receber o perdão dos pecados e o dom do Espírito Santo. Sem arrependimento e sem batismo, permanecemos perdidos, sem perdão.

Atos 22:16­ "E agora, porque te demoras? Levanta-te, recebe o batismo e lava os teus pecados, invocando o nome dele." Esse texto nos mostra como invocar o nome do Senhor e ser salvo. Certamente devemos invocar o nome do Senhor para sermos salvos (Romanos 10:13; Atos 2:21). Mas isso significa mais que simplesmente gritar "Jesus" (Mateus 7:21-23; Lucas 6:46; Atos 19:13-16; Romanos 10:1-3). Invocar o nome do Senhor significa voltar-se para ele e submeter-se a ele para receber a salvação. O modo pelo qual fazemos isso é para ser batizados e lavar os pecados. Uma vez que não é possível sermos salvos tendo ainda o pecado e uma vez que o batismo é exigido para ser lavado dos pecados, fica claro que o batismo é necessário para a salvação.

Romanos 6:3,4­ "Ou, porventura, ignorais que todos nós que fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua morte? Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também andemos nós em novidade de vida." Essa passagem compara o batismo do cristão com a morte, o sepultamento e a ressurreição de Cristo. Jesus morreu. Nós temos que morrer com respeito ao pecado. Jesus ressuscitou; devemos também ressurgir do nosso sepulcro do batismo para vivermos uma vida nova. Está claro que a nossa nova vida segue o nosso batismo. Como não se enterra ninguém vivo, mas sim os mortos, assim também os batizados são aqueles que estão mortos no pecado e não os que já estão vivos em Cristo. A vida nova é recebida após o batismo.

1 Pedro 3:21: "A qual, figurando o batismo, agora também vos salva, não sendo a remoção da imundícia da carne, mas a indagação de um boa consciência para com Deus, por meio da ressurreição de Jesus Cristo." O batismo compara-se ao dilúvio dos dias de Noé. O dilúvio salvou a Noé da corrupção e da perversidade do velho mundo. O batismo nos salva da corrupção e do pecado de nossa velha vida. Uma vez que o texto afirma que o batismo nos salva, a questão é indiscutível.